Os 5 maiores impactos gerados pela evasão escolar

evasão escolar
evasão escolar

Evasão escolar, sinônimo de instabilidade na receita financeira das instituições de ensino (I.E.) e um indicador que interrompe o ciclo acadêmico dos estudantes, muitas vezes, comprometendo a qualidade da formação. Recorrente em todos os níveis da educação, desde o Ensino Básico até o Superior, faz com que as instituições de ensino continuem na luta para entender as razões do seu crescimento no segmento educacional. Ah, também se incluem aqui, com um mesmo nível de gravidade do problema, as escolas de idioma.

Graças a sistemas inteligentes integrados aos bancos de dados acadêmicos, temos novas formas de realizar um acompanhamento individual dos alunos e é possível prever grupos de risco de estudantes e identificar as suas reais necessidades. Até agora, foram detectadas diferentes variáveis responsáveis ou causadoras da evasão escolar, e concluímos que a luta para saber o real motivo do crescimento desse indicador é quase em vão, porque os esforços devem ser concentrados em ações para reduzir os seus números, uma vez que impacta diretamente nos resultados da I.E. e na esfera socioeconômica do país.  É preciso atuar de forma particular, pois as razões para a evasão são absolutamente individuais, mas as suas consequências são muito comuns.

Afinal, que impactos são esses? Saiba os 5 maiores impactos gerados pela evasão escolar.

 

  • Perda de receita provisionada

Inicia-se um ciclo, e o número de matrículas fechadas é um dado determinante para provisionar a receita da sua instituição de ensino, certo? Mas, no meio do caminho, um dos principais vilões da gestão institucional aparece e cresce: a evasão escolar, que atrapalha todo o planejamento financeiro desenhado e implica em resultados negativos.

 

  • Marketing negativo

Qual é a referência que o seu ex-aluno dará aos outros sobre a sua instituição de ensino?

Sabemos que o melhor e mais efetivo marketing é o boca a boca. Geralmente, ele não falha. Se o aluno evadido não teve uma experiência positiva na instituição de ensino, naturalmente a sua referência e o seu “marketing” serão negativos, o que irá gerar elementos que a instituição não consegue controlar, por estarem fora do seu campo de percepção e de atuação.

 

  • Desequilíbrio operacional

Um professor precisa dar aula para uma sala com 50 ou com 30 alunos? A questão aqui é que, quanto mais vazia a sala de aula, mais caro é manter esse professor no corpo docente da instituição de ensino, e esse desequilíbrio operacional compete fortemente com outras frentes operacionais da instituição. Em marketing, por exemplo, se o valor investido em campanhas de processo seletivo trouxe mil novos alunos para a instituição de ensino, perder 300 deles durante o ciclo significa que o investimento perdeu parte de sua efetividade e que, para captar novos alunos, a I.E. precisará investir em novas campanhas, e assim por diante. Em resumo, a evasão gera o desequilíbrio operacional.

 

  • Comprometendo a qualidade da formação

A evasão escolar é um indicativo que assume um papel de extrema relevância na qualidade da formação. O alto índice de evasão escolar revela quanto jovens e adultos têm desistido dos estudos, ou quão insatisfeitos estão com a qualidade da gestão ou do ensino da instituição. Seja qual for a razão, prevalece aqui um dos maiores impactos gerados, uma vez que a falta de uma gestão da permanência aumenta o grau de evasão da instituição de ensino e compromete diretamente a qualidade da formação dos cidadãos e profissionais inseridos no mercado de trabalho.

 

  • Inovação nota 0

É surpreendente e inspiradora a visão que o mercado da educação tem apresentado ao segmento educacional. Novas tecnologias, softwares, tendências e soluções que potencializam resultados estão disponíveis e prontos para serem implantados em instituições de todos os portes.

A evasão de alunos, automaticamente, faz com que a instituição de ensino concentre os seus esforços em captação, para suprir o déficit gerado, mas a consequência disso é a estagnação na gestão e a falta de engajamento com os novos elementos do mercado. Ganhar nota 0 no quesito inovação é comum em instituições que sofrem os impactos da evasão.

Enfim, é visível a importância de analisar a capacidade perdida nas instituições de ensino e no país quando não se atua ativamente no combate à evasão escolar. Identificar as suas causas é, sim, importante, mas agir para minimizar os seus impactos é ainda mais. Se tiver qualquer comentário, dúvida ou história que queira compartilhar, fale com o nosso time.

 Até logo!

Grupo Unite