5 dicas de como maximizar a conversão de alunos

dicas_com_maximizarOlá tudo bem?

Fala-se muito em captação de alunos né?– esse, inclusive, é um dos nossos temas favoritos –, mas captação é a palavra que traduz toda uma ação. Podemos entender que a captação de alunos é o processo como um todo, que vai desde a geração de lead, passa pela manifestação do seu interesse em fazer parte da instituição e pelo atendimento que ele recebe e vai até a efetivação final da sua matrícula. Para compreendermos a captação de forma mais estratégica e sistêmica, é necessário refletir sobre os passos que compõe essa caminhada, por exemplo, a conversão.

A conversão é realizada em diferentes momentos do funil e da jornada. Para maximizá-la, é preciso atentar-se a dois pontos extremamente importantes. O primeiro são as passagens do funil, ou seja, os momentos em que um lead passa a ser um inscrito, em que um inscrito passa a ser um aprovado e assim por diante. Manter o engajamento dos candidatos é essencial. O outro ponto são as possibilidades que estão fora do funil. Ao olhar para a jornada de forma mais abrangente, percebemos quanto podemos explorá-la, seja por meio da tecnologia, seja por meio de bases que não estão sendo trabalhadas.

As fases do funil abordadas nesse artigo, referem-se a um modelo de funil de conversão utilizado para ensino superior, mas eles são customizados e possuem caminhos alternados para escolas e centro de idiomas. Certo? Vamos lá!

 DICA 1–  No topo do funil: leads > inscritos.

Após a geração de leads e a sua tabulação no CRM UNITE, é necessário acompanhá-los até a sua inscrição para o processo seletivo. Do que esses leads precisam? De atenção, informação, segurança, praticidade, detalhes, dicas… Em resumo, é um atendimento de qualidade que realizará a primeira conversão e transformará o lead em um candidato. Afinal, 52% dos candidatos desistem dos sites por não terem respostas rápidas e relevantes. É um número bastante significativo, não?

DICA 2 –  Lead inscrito. E agora?

Legal! Primeira conversão realizada com sucesso. O lead foi inscrito e agora há duas possibilidades: ele estar PRESENTE e ele estar AUSENTE na prova. Se não compareceu no dia do processo seletivo, a continuidade vai depender da instituição de ensino. As que forem flexíveis a ponto de abrir agendamentos para uma nova prova contarão com uma forte ação nessa base para de converter os ausentes em presentes. O marketing direto e a ação do call center são os meios mais efetivos de alcançar resultados nessa etapa do funil.

No melhor cenário, no qual os inscritos compareceram e realizaram a prova, é válida uma boa comunicação até sair a lista de aprovados. Marketing direto é uma ferramenta com um custo benefício altíssimo, ainda mais com a nossa recém-chegada plataforma integrada de WhatsApp. O dinamismo dessa ferramenta permite que a instituição esteja em constante conexão com os candidatos, que estarão sempre informados e em sintonia com ela.

DICA 3 –  Parabéns! Seja bem-vind@!

Após a aprovação, é hora de realizar a conversão final do funil. É aqui, na efetivação da matrícula, que se finaliza o processo de captação. Nesta etapa, o atendimento e as ferramentas trabalham com foco total em apoiar o candidato na realização da matrícula e finalizar o atendimento com todo o cuidado e atenção que ele recebeu durante todo o período pré-vestibular. Além do atendimento, é extremamente importante o desempenho de uma comunicação institucional.

Falando assim, pode parecer chato, mas já pensou nos recém-alunos da sua instituição de ensino recebendo pílulas e mensagens criativas, ricas em conteúdos e informações sobre a sua instituição

de Ensino Superior (IES), que desde o começo já despertem o engajamento e a conexão entre as duas partes? É inspirador!

DICA 4–  Base histórica

Está aí uma fonte abundante de possibilidades de conversão. Provavelmente, a sua instituição de ensino tem uma base de leads não trabalhados. Seja ela grande, média ou pequena, a atuação planejada e estratégica com essa base maximiza a conversão em alunos. O planejamento, aqui, é extremamente importante para não perder tempo e nem o valor investido. É preciso compreender a origem desses leads e realizar uma análise aprofundada, para garantir a efetividade da ação. Neste ponto, atuamos basicamente com marketing direto direcionado, que funciona como um filtro natural e leva para o ativo somente aqueles leads com potencial.

DICA 5 –  De olho nas ferramentas

Não apenas parar gerar leads é que servem as ferramentas tecnológicas. Elas são grandes apoiadoras da maximização de conversão, uma vez que são 100% adaptáveis e integradas ao CRM UNITE. O Ligue-me, por exemplo, é uma ferramenta que pode ser colocada em qualquer página do site da instituição. Se os candidatos estiverem com dúvidas sobre o vestibular e não encontrarem informações no site, eles poderão solicitar uma ligação e ser contatados em até 15 minutos. Perder candidatos por falta de atendimento jamais!

É claro que esse é só um exemplo, há outras ferramentas aplicadas capazes de maximizar esse indicador.

Em tempos de evasão e queda de matrículas, a maximização da conversão reflete diretamente nos resultados da instituição de ensino. Para que ela esteja sempre em alta, é imprescindível entrar no mundo na tecnologia e do atendimento humanizado, pois é a união desses dois recursos que trará resultados efetivamente sustentáveis.

Esperamos que este conteúdo tenha sido útil para você. Estamos aqui para esclarecer dúvidas ou bater um papo sobre outras dicas.

Abraços e até logo!

Grupo Unite

faceyou-tubeinstagramlinkedin

 

cta-02

cta-03cta-01cta-04